Bom dia, hoje é dia 05/03 e são
Em Taió, +
Homem que matou mãe e irmã com golpes de faca, marreta e chave enfrenta júri

Publicado em: 16/11/2023 22:05:42 - Por Luis Carlos Radar
PUBLICIDADE

O homem acusado de matar a mãe e a irma com golpes de faca, marreta e chave enfrentará o Júri Popular na Comarca de Lages, nesta quinta-feira (16), a partir das 9 horas. O duplo feminicídio ocorreu no final do mês de dezembro de 2020, na casa onde moravam, no Universitário, em Lages. Os crimes teriam sido motivados por vingança, em razão dos desentendimentos familiares.


A defesa do acusado rebateu a denúncia e a sentença de pronúncia, que encaminhou o processo para julgamento no Tribunal do Júri.


Entenda o crime


O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou denúncia por duplo feminicídio contra o homem que teria matado a mãe e a irmã no final de dezembro de 2020 na cidade de Lages. A denúncia já foi recebida pelo Poder Judiciário e, assim, o homem tornou-se réu em ação penal.


A denúncia foi apresentada pela 11ª Promotora de Justiça da Comarca de Lages e relata os fatos que teriam ocorrido entre o final da tarde do dia 30 e a manhã do último dia de 2020, motivados por desavenças no núcleo familiar formado pela mãe, de 63 anos, e o casal de filhos, o homem de 31 anos e a mulher de 38.


O Promotor de Justiça Fabrício Nunes atribuiu ao réu dois crimes de homicídio triplamente qualificado, pelo motivo torpe, o meio cruel e por tratar-se de feminicídio – por ter sido praticado por razões da condição do sexo feminino da vítima, envolvendo violência doméstica e familiar. Um dos crimes tem ainda o agravante de ter sido praticado contra pessoa idosa.


O réu, que também responderá pelos crimes de resistência e desobediência por não ter atendido o comando policial, encontra-se preso preventivamente.


O crime


Na ocasião, no interior da residência, o denunciado, supostamente visando se vingar dos desentendimentos familiares, teria se armado com faca, marreta, chave philips e teria se dirigido até sua mãe e passado a desferir inúmeros golpes, especialmente na região do crânio e tórax. Logo em seguida, teria ido ao encontro da sua irmã, que estava em outro cômodo, e também passado a lhe desferir vários golpes.


As duas vítimas morreram e os corpos foram encontrados na manhã do dia 31 de dezembro por familiares, os quais acionaram a polícia militar, que iniciou buscas pelo denunciado, que teria fugido a bordo de um veículo que era de uso da irmã.


O réu foi encontrado no dia 1º de janeiro, trafegando com o veículo na BR-282, na altura do Município de Palhoça. Ao ser abordado pela Polícia Militar, fugiu em alta velocidade, só parando quando bateu com o automóvel na parede de um túnel, momento no qual foi preso em flagrante. (SCC10)


Michel Teixeira

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web