Mulher entra em coma após ser vítima de estupro em Lages

Mãe e filha foram encontradas num campo próximo de um matagal. Fotos, Notícias No Ato/reprodução


Publicado em: 21/03/2014 08:34:16 - Por Valmir de Souza
PUBLICIDADE

Lages / Segurança / Estupro - Uma mulher aparentando ter entre de 25 e 35 anos, foi encontrada em coma depois que foi estuprada e espancada, na manhã desta quinta-feira (20).

 

 

De acordo com a Polícia Militar, a vítima corre risco de morte por causa de lesões na cabeça. Ainda segundo a Polícia, o abuso sexual ocorreu às margens da Avenida Papa João XXII, no bairro Petrópolis.

 

Após denúncia anônima de um morador, por volta das 8hs uma guarnição foi ao local e encontrou a mulher nua, com lesões de espancamento na face, com uma jaqueta cobrindo seu rosto, no seu braço lado direto estava sua filha uma criança de dois anos, dormindo com a roupa suja de sangue e com um lado do rostinho inchado.

 

 

 

Mãe e filha foram encontradas num campo próximo de um matagal, a mãe estava sem calcinha, com uma calça legging arriada (abaixada). Tudo leva a crer que a vítima foi espancada e depois estuprada, vindo a perder a consciência.

 

Devido à situação gravíssima, os soldados da PM Priotto, Oliveira e Matias acionaram o Samu, que compareceu ao local com uma equipe médica, e prestou os primeiros atendimentos clínicos no local.

 

 

A criança muito assustada foi encaminhada ao hospital Infantil Seara do Bem. Os policiais perguntaram para a criança quem tinha agredido a mamãe, ela respondeu: “foi o papai”. A mulher que não tinha nenhuma identificação possuía forte odor etílico de álcool, constatado pela equipe médica.

 

 

Ela foi encaminhada ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Próximo do local do abuso sexual foi encontrado dois isqueiros e uma lata de refrigerante com alguns furinhos, utilizada para uso de crack. A Polícia investiga se autor e vítima estavam usando droga e depois tiveram um desentendimento.

 

 

Ninguém foi preso até o exato momento. Neste local, vários casos de estupro já foram registrados.

 

 

Link de origem

Notícia No Ato

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web