Bom dia, hoje é dia 06/07 e são
Em Taió, +
30 anos depois: Torcida do Brusque solta o grito: 'É campeão!'

Publicado em: 02/04/2022 23:59:08 - Por Tatiana Carolina
PUBLICIDADE

O grito de "É campeão!" estava entalado na garganta do torcedor do Brusque por 30 anos. Em 2021, o time chegou perto, disputou a final, mas acabou superado pela Chapecoense. Neste ano, a história foi outra. O Brusque enfim voltou a conquistar um título estadual, o segundo da sua história. O time entrou em campo, para o segundo jogo da final contra o Camboriú, com o regulamento debaixo do braço e jogou o suficiente para garantir o empate de 0 a 0. No primeiro jogo, as duas equipes haviam empatado em 1 a 1. Com a vantagem de ter a melhor campanha durante toda a competição, o Quadricolor de Brusque acabou levantando a taça.


O 0 a 0, porém, não traduziu muito o que foi o jogo da tarde chuvosa deste sábado, no Augusto Bauer, em Brusque. As duas equipes fizeram um bom jogo, com chances de gol para os dois lados.


O torcedor do Brusque, que ocupou as dependências do Augusto Bauer, fez a sua parte e empurrou o time pra cima do Camboriú desde os primeiros minutos de jogo. O Camboriú, que precisava vencer, não conseguia atacar e acabou se limitando a apostar no contra-ataque ou num erro na saída de bola da defesa do Brusque, para tentar marcar o gol. Mas, nada disso aconteceu e se fosse para um time sair vencedor no primeiro tempo, este time seria o Brusque.


O segundo tempo foi outro jogo. O Brusque recuou para garantir o resultado e deu chances para o Camboriú crescer. Antes dos dez minutos de jogo, o Camboriú já havia desperdiçado três chances de abrir o placar. Num destes lances, brilhou a estrela do goleiro Ruan, que fez grande defesa.


O Brusque continuou se defendendo e controlando o jogo no toque de bola. O time somente ameaçou o gol adversário aos 39 minutos. O atacante e goleador do campeonato Alex Sandro fez excelente passe para Luiz Antônio que chutou para grande defesa de Gabriel Félix.


Nos minutos finais, a torcida do Brusque acordou e voltou a empurrar o time, que parecia cansado e mais preocupado com o relógio. No final, o torcedor foi recompensado com a certeza de gritar "É campeão!" 30 anos depois.


Outros estados.O sábado foi também de decisões em vários estados. No Rio de Janeiro, o Fluminense superou o Flamengo depois de um empate em 1 a 1. O Rubro-Negro marcou primeiro, com Gabriel Barbosa, e precisava de mais um gol para levar a decisão para as penalidades máximas, já que o Flu havia vencido o primeiro jogo por 2 a 0. Mas, o Fluminense conseguiu empatar antes do final do primeiro tempo através de Germán Cano.


No segundo tempo, o Flamengo pressionou, mas não conseguiu marcar os gols que poderia garantir o título.Em Minas Gerais, o Atlético-MG passeou no Mineirão, com dois gols de Hulk e um de Ignácio Fernandez, o Galo superou o seu tradicional adversário por 3 a 1 e conquistou o seu tricampeonato estadual.


No Rio Grande do Sul, em mais uma decisão sem Gre-Nal, o tricolor, que já havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0, bateu novamente o Ypiranga de Erechim por 2 a 1, e conquistou o pentacampeonato regional. Bruno Alves abriu o placar no final do primeiro tempo e Rodrigues marcou o segundo aos 36 minutos do segundo tempo. Ainda deu tempo de Erick descontar para o time de Erechim.


Em Goiás, o Atlético Goianiense superou o Goiás, de virada, por 3 a 1 e ficou com o título Goiano de 2022. No Mato Grosso, o Cuiabá goleou o União Rondonópolis por 4 a 0 . Neste domingo, São Paulo e Palmeiras fazem o segundo jogo da final. O tricolor leva a vantagem de ter vencido o primeiro confronto por 3 a 1.

JM

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web