Bom dia, hoje é dia 11/12 e são
Em Taió, +
Presidente de time catarinense tenta matar goleiro

Publicado em: 22/04/2017 09:40:02 - Por Tatiana Carolina
PUBLICIDADE

O goleiro Neto Volpi, do Internacional de Lages, quase foi morto pelo presidente Cristopher Nunes. O fato aconteceu na noite de quarta para quinta-feira. Quatro jogadores do Inter estavam sendo despejados do hotel em que residem por falta de pagamento.


Revoltados, os atletas começaram a pressionar o presidente e, em meio à discussão, Cristopher e mais alguns capangas - fala-se em cinco - agrediram Neto Volpi, inclusive desferindo golpes com um taco de bilhar em sua cabeça.


Recentemente, o goleiro Neto Volpi se envolveu em uma polêmica em que teria havido uma tentativa de suborno para que ele sofresse gols propositadamente contra o Figueirense.


Na verdade, pelo que se apurou, a proposta seria de um site de apostas, sem qualquer envolvimento com o Figueirense. De qualquer forma, Volpi, demonstrando fidelidade ao clube, denunciou o fato à diretoria e à imprensa.


Neto Volpi é conhecido também por ser primo de outro goleiro, Tiago Volpi, que viveu bom momento no Figueirense, entre 2012 e 2014, e desde 2015 atua pelo Querétaro, do México. No clube mexicano, jogou ao lado de Ronaldinho Gaúcho.


SETE PONTOS
O jogador está hospitalizado, levou sete pontos na cabeça, e encontra-se sob observação médica.


Cristopher Nunes surgiu como um presidente da nova geração em Santa Catarina, mas rapidamente conseguiu fama de um dos mais caloteiros dirigentes do futebol brasileiro.


Na Justiça do Trabalho de Lages, não há empresa com mais reclamações trabalhistas do que o Internacional.


PERTO DA SEGUNDONA
A Inter de Lages vive momento delicado também dentro de campo, já que no domingo disputa a última rodada do Campeonato Catarinense brigando para não cair.


Se não vencer o Avaí, o time de Lages precisa torcer por tropeços de Almirante Barroso e Metropolitano para não ser rebaixado.


Demais FM 

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web