Bom dia, hoje é dia 06/07 e são
Em Taió, +
Caminhoneiro que arrastou casal de moto na BR-101 será julgado

Publicado em: 09/06/2022 20:25:50 - Por Tatiana Carolina
PUBLICIDADE

O caminhoneiro que arrastou um motociclista e matou a passageira dele na BR-101, vai ser julgado nesta quinta-feira, dia 9, através do júri popular, no Fórum da Comarca de Itajaí, Litoral catarinense. Testemunhas devem depor sobre o caso durante o dia todo, uma delas, o proprietário da moto, Anderson Pereira, de 49 anos, que sobreviveu apenas porque conseguiu se segurar na janela do caminhão.


Conforme apurado pela polícia, o motorista do caminhão Jeferson Alves Soares dirigia sob efeito de drogas e foi preso no mesmo dia do acidente, em 6 de março do ano passado. O réu responderá por homicídio doloso (dolo eventual) de Sandra Pereira, a vítima fatal, e tentativa de homicídio qualificada – por meio cruel e para assegurar a impunidade de outro crime – contra Anderson, além de deixar de prestar imediato socorro à vítima e conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada.


O caso


Naquele dia, o motorista seguia pela BR-101, entre Penha e Itajaí, quando colidiu na traseira na motociclista ocupada pelo casal. A mulher foi arremessada do veículo, enquanto o condutor da moto ficou pendurado na janela do veículo de carga. A moto das vítimas ficou presa na frente do caminhão e foi arrastada por mais de 20 km.


Segundo o Ministério Público de Santa Catarina, o condutor do caminhão teria usado cocaína e rebite, droga derivada de anfetamina, na noite e no dia anterior. Ainda consta na denúncia que, ao ver a cena hedionda, outros motoristas passaram a buzinar e a gritar, pedindo que o caminhoneiro parasse o veículo. No entanto, ele continuou a arrastar a motocicleta e a vítima pela rodovia, obrigando o motociclista a escalar o capô do veículo e se pendurar no retrovisor da porta ao lado do denunciado, onde a vítima se agarrou e passou a implorar por sua vida.


Sandra chegou a receber atendimento médico e ficou internada no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O motociclista, que pulou do caminhão em movimento, se recuperou e vai prestar depoimento.


Oeste Mais

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web