Boa tarde, hoje é dia 21/01 e são
Em Taió, +
NUMEI: DOIS ANOS ELEVANDO O EMPREENDEDORISMO FEMININO NA REGIÃO DA CEBOLA

Publicado em: 13/01/2021 15:03:36 - Por Luis Carlos Radar
PUBLICIDADE

O mais jovem e um dos mais promissores da Associação Empresarial de Ituporanga (ACEI), o Núcleo da Mulher Empreendedora de Ituporanga (NUMEI), em apenas dois anos, já possui grandes resultados no incentivo ao empreendedorismo feminino da região.


Transformando as adversidades em uma oportunidade ainda maior de aprendizado, as nucleadas se aperfeiçoaram e tiveram, à sua inteira disposição de forma 100% gratuita no último ano, um time de profissionais de alto gabarito para auxiliar no crescimento dos seus respectivos negócios.


"Foi extremamente desafiador. Mesmo diante das dificuldades, fomos um núcleo bem ativo na ACEI durante a pandemia. Nós reorganizamos toda a programação do ano e hoje conseguimos manter as reuniões em formato totalmente online, além de conquistarmos grandes parcerias a favor dos nossos negócios, como o SEBRAE que foi a maior delas", conta a coordenadora do NUMEI, Márcia Schmitt.


As ações em conjunto com Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e Conselho Estadual da Mulher Empreendedora (CEME) fizeram a diferença para cada nucleada. "Como foi um ano atípico, apostamos muito em consultorias, capacitações e mentorias profissionais online, especializadas e 100% gratuitas para desenvolver nossos negócios. Foi desafiador, mas ao mesmo tempo, 2020 nos permitiu crescer bastante, aprender, aprimorar nossas empresas, o que é o grande foco do NUMEI", diz Márcia.


Diagnóstico do SEBRAE


O conhecimento, orientação e atenção especial de acordo com estudos individuais de cada negócio, permitiram às nucleadas visões mais estratégicas e conhecimento prático para alavancar as áreas mais essenciais de cada empresa. Isso foi possível graças ao diagnóstico empresarial gratuito do SEBRAE feito através do Programa Retoma SC.


A iniciativa do SEBRAE busca estimular a retomada da economia por meio de ações estruturadas de suporte aos pequenos negócios. A partir do Diagnóstico Situacional, a ferramenta de gestão denominada “Como anda sua empresa” tem foco em cinco grandes temas: Finanças, Planejamento, Mercado, Processo e Pessoas.


Por meio da aplicação de uma metodologia situacional, os consultores buscam entender o estágio de maturidade e as necessidades atuais da empresa. Este diagnóstico é totalmente digital e aplicado por consultores credenciados que agendam a aplicação de forma individual na empresa.


A segunda etapa é a Consultoria Empresarial. Após feito o diagnóstico por um consultor especialista e credenciado, as empresas recebem até três horas de consultoria em uma das seguintes áreas: Finanças, Planejamento, Mercado, Processo e Pessoas. Tudo isso visando garantir uma melhor gestão e obter excelentes resultados para o seu negócio.


"Com ajuda de um consultor especializado, conseguimos levantar as principais necessidades de cada empresa de forma individual, personalizada.


E a partir deste diagnóstico, o SEBRAE disponibilizou três horas de consultoria grátis na área de maior necessidade para cada empresa atendida. As principais áreas abordadas foram de mercado, pessoas, marketing, processos e área de planejamento. Algumas empresas já realizaram essas horas e outras ainda vão realizar. Isso foi essencial para nossas empreendedoras", destaca Márcia.


Mentorias gratuitas especializadas


O aporte do Conselho Estadual da Mulher Empreendedora (CEME) ligado à Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC) também trouxe ótimos resultados às associadas. O programa denominado "Onda: Mentoring para inspirar grandes transformações”, objetiva estimular e inspirar mulheres a assumirem mais posições de liderança, por meio do compartilhamento de trajetórias e exemplos reais de sucesso feminino na condução de empresas, instituições e na política.


"Foi uma ação onde tivemos acesso a palestras de capacitação e mentorias online. Nós nos cadastrávamos e podíamos ter acesso a três horas de consultoria com um mentor da nossa escolha. Então a gente olhava para o nosso negócio, com base também no diagnóstico do SEBRAE, e escolhia uma área de maior necessidade para termos um profissional especializado à nossa disposição por três horas, tendo consultoria", conta a coordenadora do NUMEI.


Desenvolvimento Humano


As nucleadas ainda tiveram acesso a orientações voltadas ao desenvolvimento humano, metas pessoais e dicas sobre como alcançar a plenitude também na área pessoal através do evento "Life Long Learning", ação do SEBRAI juntamente com CEME, especialmente desenvolvida para os núcleos de mulheres do Alto Vale do Itajaí.


"Tivemos acesso a um programa de encontros online da coach Vanessa Tobias, voltado para planejamento, metas e objetivos pessoais. Foi mais voltado para nós enquanto pessoas", frisa Márcia.


A coordenadora do NUMEI também destaca a excelente proposta para as nucleadas de integrar o Programa de Desenvolvimento do ALI do SEBRAE e ter os impactos positivos do mesmo em suas empresas. A iniciativa objetiva aumentar a produtividade do pequeno negócio por meio do controle dos indicadores de desempenho da empresa.


A nova Metodologia do Programa ALI foi estruturada para que a empresa possa gerar inovações bem-sucedidas de maneira sistemática. Esta metodologia está baseada nos métodos mais avançados e atuais de inovação, utilizando conceitos e ferramentas que são aplicados por grandes empresas inovadoras.


Com o novo Programa ALI, a empresa pode validar projetos de inovação com potenciais clientes, escalar o negócio e, dessa forma, reduzir os riscos.


Jornalista Luciana Flores

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web