Boa tarde, hoje é dia 23/09 e são
Em Taió, +
Criança de um ano tem partes do corpo queimado em creche

Publicado em: 14/03/2018 16:08:18 - Por Luis Carlos
PUBLICIDADE

Um menino de um ano teve parte do corpo queimado em uma creche de Campo do Tenente, na Região Metropolitana de Curitiba, na tarde de sexta-feira (9). A criança está internada no Hospital Evangélico de Curitiba.


Os pais dizem não saber o que, de fato, aconteceu. Na sexta, a mãe foi chamada até a "Creche Municipal Pequenos Brilhantes" porque o menino tinha sofrido queimaduras enquanto uma estagiária dava banho nele, segundo os pais.


Eles disseram que a prefeitura encaminhou a criança para um médico, que receitou remédios e mandou o menino para casa. Porém, os pais procuraram um hospital da cidade, que encaminhou o menino para Curitiba.


A criança está com as mãos, o umbigo, parte da coxa e o órgão genital queimados. Os pais afirmaram que vão registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) na segunda-feira (12).


"Não tem explicação. Eu acho que tem alguma coisa errada porque só queimou a parte da frente", disse a mãe Suzana Alves Ferreira.


O diz a direção da creche:


A direção da creche alegou que houve um problema no chuveiro da unidade, que esquentou demais a água e a estagiária não percebeu.


O Conselho Tutelar de Campo do Tenente informou que vai fazer uma notificação ao Ministério Público do Paraná (MP-PR) sobre o assunto, pois considera que houve negligência por parte dos profissionais que trabalham na creche.


O pai do menino, Pedro Maciel Ribeiro, disse acreditar que o caso foi falta de cuidado. "Eu fiquei chocado, não consigo acreditar que foi um chuveiro. Eu acho que eles pegaram ele no colo com um copo e acabou derramando alguma coisa", afirmou.


Nota da Secretaria de Educação:


Por telefone, a secretária de Educação de Campo do Tenente, Marilene Aparecida Hornick, informou que o caso foi um acidente e que um processo administrativo será aberto para apurar o caso.


Segundo ela, uma professora e a estagiária, que estava dando banho na criança, serão afastadas das funções durante a apuração do fato.


Texto: RioMafra Cit
Fonte: G1/Lucimara Nascimento

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web