Bom dia, hoje é dia 16/11 e são
Em Taió, +
Time gasparense de futebol americano a um passo da elite brasileira

Publicado em: 26/10/2018 08:53:27 - Por Luis Carlos
PUBLICIDADE

Já imaginou o time de futebol americano de Gaspar, Black Hawks, jogando contra o Corinthians, Vasco ou o Flamengo? E mais, já pensou se esse jogo acontecesse no Estádio Carlos Barbosa Fontes, o Tupi? Isso pode estar mais perto do que você imagina.


No dia 21 de outubro, o Hawks entrou em campo no Tupi para enfrentar o time gaúcho Armada Futebol Americano. O jogo foi válido pela semifinal da Conferência Sul da Liga Nacional de Futebol Americano, o maior torneio da modalidade no país, onde os campeões de cada conferência conquistam uma vaga para jogar a BFA (Brazilian Football American), o torneio de maior nível do país.


O jogo de semana passada começou confirmando o favoritismo do time gasparense. O Black Hawks foi impecável no ataque e na defesa, mostrando superioridade durante toda a partida. No final do jogo, o time gaúcho conseguiu encaixar boas jogadas no ataque e diminuiu um pouco o placar: Gaspar Black Hawks 44 x 08 Armada F. A.


Fora o espetáculo dentro de campo, a organização é sensacional em todos os jogos do Hawks. Durante o intervalo, os Cheerleaders fizeram uma bela apresentação e receberam, de pé, as palmas da torcida. Em seguida, a categoria de base foi reconhecida pelo torneio que disputaram em Joinville, conseguindo a quarta colocação da competição.


Quase na primeira divisão


Um jogo separa o Black Hawks da segunda para primeira divisão de Futebol Americano do Brasil. No dia 2 de novembro, no feriado de finados, o Hawks recebe o time Porto Alegre Gorilas, que é o atual vice-campeão gaúcho, segunda melhor campanha na Conferência Sul, ficando apenas atrás do Black Hawks.


“O jogo contra o Gorilas será mais difícil que este último. O time gaúcho vem crescendo em grande proporção no cenário nacional. Nosso objetivo desde o início do ano é ser campeão da Liga Nacional e vamos fazer o possível e o impossível para trazer este título inédito. No ano passado deixamos passar por um ponto.Este ano não podemos errar”, garante Diogo Mafra.


Em 2017, o time gasparense foi para a mesma final de conferência e jogou contra o Breakers, em Jaraguá. Naquele jogo, o Black Hawks perdeu por um ponto de diferença, que poderia ter sido decidido no último lance do jogo, em um chute sem sucesso.


Para os atletas daquele jogo, uma segunda chance! Para o Hawks, a oportunidade de fazer história. 
Os ingressos já estão sendo vendidos nos pontos de venda até o dia 1º, ao valor de R$15,00, são: CT Cleiton Costa, Fisk e Xodó som. No dia, o valor será R$30,00.


CV

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web