Bom dia, hoje é dia 20/02 e são
Em Taió, +
Plano de rebelião no Casep de Rio do Sul é descoberto

Publicado em: 18/01/2019 15:29:02 - Por Tatiana Carolina
PUBLICIDADE

Uma rebelião que estava sendo organizada dentro do Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Rio do Sul para este mês, foi descoberta pelo trabalho de inteligência dos agentes da unidade.


A ideia dos internos era de antes de sair da unidade, ainda agredir com facadas as pessoas responsáveis pela administração do local, cozinha e parte técnica. 
De acordo com o coordenador do Casep, Patrick Münzfeld, com a ajuda do trabalho de inteligência dos agentes, foi possível desarticular os planos dos menores, que cometeriam homicídios antes de fugir da unidade.

“A gente conseguiu desarticular eles graças aos agentes que fazem a inteligência e escutas dentro da unidade. Os menores planejavam depois de saírem das celas, matar a cozinheira, passar na sala do administrativo e nas salas dos técnicos, como pedagogo, psicólogo, também atingi-los com facadas, pegar a viatura e fugir”.


Patrick contou que a preocupação também vem do histórico dos adolescentes, já que dos 17 que estão na unidade hoje, 14 foram internados por ato infracional análogo ao crime de homicídio. Depois da tentativa de rebelião, o Casep trabalha agora com o sistema intenso de segurança.


“Pelo que eles planejavam, a segurança da unidade está agora bem intensa. A gente está trabalhando com a segurança mais efetiva, tirando eles menos do quarto, e quando tira é com medidas protetivas de segurança, como o uso de algemas, porque está bem complicado”.


Ele disse também que o cuidado agora é redobrado até em abrir as celas, já que já houveram casos de tentativa de fuga.


“Eles são bem dissimulados, já teve casos em que fingiram que estavam passando mal e no momento em que o agente abre a porta eles atacaram o agente para tentar fugir. Então a gente está trabalhando mais com a inteligência, temos dois agentes só cuidando disso, mas é bem complicado”.


Além da rebelião, o coordenador explicou que os internos são em sua maioria faccionados, e que há constantemente o risco de um atacar o outro.


“Aqui dentro há briga de facção criminosa, onde um quer pegar o outro, não temos como colocá-los juntos na quadra e isso que são só 17 adolescentes. São poucos, mas geram todo esse transtorno dentro da unidade”.


Hoje, os menores estão todos em celas separas, e mesmo assim, os agentes precisam ter o cuidado de não tirá-los no mesmo momento para que não se encontrem. “Mesmo assim não dá para passar perto de outro, se recebe visita, ou se tem consulta médica, tem que ser sozinho”.


Patrick informou ainda, que durante esta quinta-feira (17), uma camionete preta estava circulando próximo à unidade, e que a suspeita é de que ela poderia estar envolvida em uma possível tentativa de resgate à internos.


“A gente está com risco de resgate, porque temos alguns adolescentes que vieram de fora e estamos trabalhando agora com alerta e medida de segurança ao máximo”.


94 menores passaram pela unidade no último ano


Dentre o período de 1º de janeiro de 2018 a 09 de janeiro deste ano,94 adolescentes passaram pelo Casep. Deste total, 16 adolescentes estavam internados por ato infracional análogo ao crime de homicídio, 19 por tráfico de drogas, 23 por roubo, oito por assalto, cinco por furto, quatro por latrocínio, cinco por tentativa de homicídio, um por estupro, dois por provocar incêndio e quatro por porte ilegal de armas.


Outros oito estavam em reclusão por contravenções consumadas ou tentadas. 
Quanto ao número de adolescentes que passaram pela unidade da região neste período de pouco mais de um ano, 48 eram do Alto Vale, sendo que só de Rio do Sul, foram 31 adolescentes. Os demais, vieram de diversas cidades do estado, como por exemplo Florianópolis, Palhoça, Tubarão e Balneário Camboriú.


Diário do Alto Vale

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web