Bom dia, hoje é dia 05/08 e são
Em Taió, +
Rio do Campo: Relato de alguém que contraiu Coronavírus - Por: Lucas Fach

Publicado em: 04/07/2020 11:13:05 - Por Tatiana Carolina
PUBLICIDADE

Olá, queridos leitores! Aos que ainda não sabem, estou com Coronavírus. Apesar de trabalhar no Jornal A Tribuna do Vale, estou há uma semana sem visitar a redação do jornal. Por sorte, meu trabalho pode ser feito de casa (home office).


Não é a mesma coisa, pois não há a convivência, a troca de ideias durante o dia e tantas outras facilidades da questão presencial, mas vamos nos virando. A coluna dessa semana será um pouco diferente. Tratarei um pouco sobre o que sinto e o que recomendo para quem contrair esse vírus que está assolando o mundo. Vamos lá!


******************************


É impossível dizer a origem. Quando peguei? Onde peguei? Se soubesse, teria tomado mais cuidado nesse momento. Recebemos algumas (poucas) pessoas no jornal, fomos a comércios de Rio do Campo, minha esposa trabalha no hospital (e também foi diagnosticada com Coronavírus) e tantos outros modos que seria irresponsabilidade minha dizer de onde veio.


O que posso dizer, é que a Duda (minha esposa) foi diagnosticada antes do que eu. Desde lá, estamos na quarentena. Fui para Taió nessa segunda-feira para realizar o exame laboratorial que confirmou o que eu já esperava: estou com Coronavírus. O choque foi grande.


******************************


Ivermectina, Azitromicina, Resfrimuni, Vitergyl, Acetilcisteína, Vitamina D3 foram os medicamentos que compramos, após indicação de uma médica da cidade. Também pedi a ela se eu poderia tomar Cimegripe, e ela disse que sim. E a Cloroquina? Dizem que é difícil de achar. Não havia esse na receita.


Caso tivesse, certamente tomaríamos. Mas ao que tudo indica, esses estão fazendo efeito. Compramos esses medicamentos e precisamos agradecer a Bruna Zanella que compra e deixa tudo na nossa porta. Nossa comadre não é fraca! Se arrisca para nos ajudar. Disso, jamais esqueceremos. Pequenos gestos, que para nós, significa muito.


******************************



Falando sobre sintomas. Minha esposa tem rinite. Em um determinado momento, começou a espirrar. Pairou a dúvida sobre qual seria o motivo dos espirros. Porém, imediatamente ficamos em casa. No mesmo dia ela foi testada e houve a confirmação. Dias antes, ela havia feito o teste rápido, que deu negativo.


Em nenhum momento pensei em deixar ela sozinha por aqui. É possível que tenha sido ela que tenha me passado. Pegaria mais mil vezes, se fosse necessário, para que eu pudesse cuidar dela. Não condeno quem sai de casa ao receber o diagnóstico. Cada um tem seus motivos. Como não precisamos sair de casa, venceremos juntos essa "praga".


******************************


Não sei qual será a data que teremos a liberação para voltar a trafegar nas ruas. O fato é que até o momento, parece que pegamos um "gripão". A Duda com sintomas mais fortes do que eu.


Eu tenho algumas dores no corpo (algumas delas de tanto ficar deitado, possivelmente), coriza e incômodos pontuais como dor na garganta. Ela, além dos espirros, tem dor nos olhos. Caso continue assim, confesso que nem vamos reclamar. O duro é a falta de ar, que graças a Deus, ainda não tivemos e nem teremos.


******************************


Esse vírus tem pouca lógica. Fiquei sabendo através do hospital que fomos o primeiro casal de Rio do Campo a contrair essa "tranqueira". Um "título" que certamente não estamos comemorando. Tudo pode acontecer, mas como não temos comorbidades, como diabetes ou hipertensão, estamos torcendo para que esse "resfriado chinês" nos abandone logo.


Menos de dez pessoas morreram com Coronavírus até aqui no Alto Vale. O índice de letalidade é baixíssimo! Mas os cuidados devem ser tomados para que essa lista permaneça com número bem baixo mesmo.


******************************


Por fim, quero pedir para que você ore, reze, mande vibrações positivas aos infectados pelo Coronavírus. É um momento delicado. Quando contamos para as nossas famílias, houve "choradeira". Para ninguém reclamar que não reclamei de algo, como faço em todas as minhas colunas, é a terceira vez que estou escrevendo esse texto.


"Ô dona Celesc", ajuda aí! Dessa forma a gente encerra o nosso espaço semanal. Por enquanto, acho que o Coronavírus não é nem "gripezinha", nem motivo para nos desesperar. Sobre os óbitos, algumas pessoas morreram com Coronavírus, outras devido ao Coronavírus. Continue ou reinicie os cuidados para não precisar passar por essa incômoda quarentena. Até semana que vem, se assim Deus quiser!


A Tribuna do Vale

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web