Bom dia, hoje é dia 19/11 e são
Em Taió, +
Voz Única é lançado em Ituporanga com entrega de mais de 50 reivindicações do Alto Vale do Itajaí

Publicado em: 16/09/2018 14:05:50 - Por Tatiana Carolina
PUBLICIDADE

Candidatos de diversas siglas receberam em mãos pleitos incluindo as áreas de segurança pública, tributação, saúde, educação e infraestrutura. 


De um total de 702 demandas para o desenvolvimento em diversos setores, apontadas pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), pouco mais de 7% vem da região do Alto Vale do Itajaí. Os 53 pedidos regionais elencados por nove das 146 Associações Empresariais do Estado foram inclusos na Cartilha Voz Única, entregue na última sexta-feira, dia 14, na Câmara de Vereadores de Ituporanga.


Com a participação de mais de 100 pessoas no auditório do Legislativo da Capital da Cebola, a cartilha foi oficialmente entregue entre candidatos a deputado estadual, federal e senador. O documento contém reivindicações avaliadas como prioritárias para o desenvolvimento regional e estadual.


“Levantamos o que Santa Catarina precisa na visão do empresariado, mas que se traduz na visão da sociedade como um todo, pois as demandas existentes neste documento são anseios de todos os cidadãos que querem ver o nosso estado crescer ainda mais”, destacou o presidente da Federação, Jonny Zulauf.


As demandas, segundo defende a ideia central da campanha, não devem cair no esquecimento. Por isso, o elefante que é conhecido por sua eficaz capacidade de memória, é o animal que ilustra de forma simbólica a iniciativa que tem como lema “Memória para lembrar, voto para decidir”. O Programa Voz Única resume uma avaliação geral de aproximadamente 80 mil empresários em relação às necessidades do Estado, mobilizando quase um terço do eleitorado catarinense.


“Os pedidos não representam apenas os empresários. Cada demanda na cartilha é compartilhada pela sociedade como um todo que também será beneficiada, caso sejam concretizadas. Esta foi uma oportunidade para solicitá-las pessoalmente e, principalmente, deixar registrada e testemunhada essa entrega de pleitos para cobrá-los pelos próximos anos”, destaca o presidente da Associação Empresarial de Ituporanga (ACEI), Tiago Eifler.


Demandas gerais de Santa Catarina


Os mais de 700 pleitos divididos nas áreas de segurança pública, tributação, saúde, educação e infraestrutura respondem a pergunta que norteia a campanha: “O que Santa Catarina precisa?”. A infraestrutura é um dos maiores destaques. Foram 331 pedidos feitos de melhorias na área, com foco nas rodovias estaduais.


O segundo maior destaque é a gestão pública. Ao todo, foram apontadas 95 demandas nesse setor, com foco principalmente em políticas públicas e gestão da máquina do governo. Em terceiro e quarto lugar aparecem questões tributárias e a segurança pública, respectivamente. Sobre os tributos, destacam-se a necessidade de foco na estrutura tributária e na distribuição de recursos federais para o Estado.


Demandas prioritárias do Alto Vale


De todos os 53 pedidos regionais dispostos na cartilha do Programa Voz Única, mais da metade são pedidos na área de infraestrutura. O setor representa 50,94% das solicitações, perdendo apenas para a área de segurança pública com 13,21% dos pedidos e, na sequência, os setores de tributação e educação que possuem a mesma quantidade de demandas, compondo 7,55% das solicitações.


Os pleitos foram elencados pelas Associações Empresariais de Ituporanga, Rio do sul, Agrolândia, Ibirama, Pouso Redondo, Presidente Getúlio, Taió, Santa Terezinha e Trombudo Central. 
Entre as demandas gerais citadas acima, destacam-se aquelas cujas prioridades são de extrema urgência:


Duplicar, realizar manutenção e ampliação das Terceiras Pistas da BR 470.
=> Ampliar vagas no Presídio Regional e Unidades Prisionais existentes no Alto Vale.
=> Investir na rede de hospitais do Alto Vale do Itajaí.
=> Dar continuidade ao projeto JICA para o Vale e Alto Vale do Itajaí (projetos de contenção de cheias).
=> Ampliar e melhorar a estrutura física das escolas estaduais.


Conheça o documento completo com os pedidos do Alto Vale em: https://www.vozunica.org.br/altovale


Demandas das Mulheres e Jovens Empresários


A vice-presidente Regional do Alto Vale do Conselho Estadual da Mulher Empresária, Ana Mélia, destacou a disparidade salarial em Santa Catarina. Ela pediu que seja feita, através de Projeto de Lei, a igualdade entre salários e a inclusão do empreendedorismo na grade curricular das escolas catarinenses.


O representante do Cejesc, Maicon Luiz, do Núcleo de Jovens de Agrolândia e presidente da Associação Empresarial de Agrolândia, apresentou as demandas dos jovens empreendedores.


O Conselho do Jovem Empreendedor de SC pede a simplificação para a abertura de empresas e a criação de lei que isente as MPEs de impostos nos dois primeiros anos, o estímulo ao empreendedorismo através de incubadoras e o desenvolvimento de um programa de capacitação e educação empreendedora.


Por Luciana Flores (Tcriativa Comunicação) e Silvia Chioca (Foco Gestão da Comunicação).

Compartilhe o link:
Radar Alto Vale © Copyright 2013 - 2015 - Radar Alto Vale não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos citados.
A opinião dos colaboradores e dos leitores não necessariamente representa a opinião do Radar Alto Vale.WLive! Soluções Web